Balanço de 2016 e preparação para 2017

Um ano de sobrevivência, outro de conquistas.

Por Romildo Rocha

Um ano de "sobrevivência", essa foi a tônica de muitas empresas no ano de 2016 nos diversos ramos de Caxias do Sul, é claro que com destaque para o ramo metalmecânico. Entretanto, criou-se também uma forte desconfiança na Construção Civil, com inadimplências e distratos. Conforme dados do Banco Central, taxa de inadimplência de 2% e acima dos 90 dias de atraso no segundo semestre do ano. Porém, ainda segundo esses dados é possível notar uma melhora e uma amenização nos percentuais de distratos, sendo reduzidos ao longo do ano e ficando dentro dos padrões de mercado.
 
Fazendo um balanço de 2016, chegamos ao dia 20/12 com a entrega do Residencial Bosque Ducale, 4º empreendimento entregue no ano. O ano de 2016 também se destacou pelo lançamentos de novos empreendimentos, com VGV (Valor Geral de Vendas) de R$ 45 Milhões. Para 2017, a projeção é de novos conceitos e empreendimentos a serem lançados, com VGV de mais de R$ 60 Milhões.
 
Essa performance e otimismo não vem apenas da expectativa de uma retomada, mesmo que moderada, da economia para 2017. Com sinalização de baixa de juros, devido ao controle da inflação dos últimos meses, temos também a perspectiva de anúncios de investimentos no setor da construção e na economia como um todo. Além do mais, contamos com a experiência de mercado, gestão e planejamento, que nos fazem estar preparados para as oportunidades do ano que vem pela frente.
 
Texto por Romildo Rocha - CORECON/RS Nº 7917