Início da parceria para constituição de fundo e desenvolvimento de projetos.

Confira a entrevista com Tiago Fiamenghi sobre a parceria

Por Redação

Nas últimas semanas, formalizamos uma parceria com a empresa Um Por Cento e desta forma damos o primeiro passo para a melhoria e revitalização do Bairro São Pelegrino. No acordo firmado, nos comprometemos a destinar um percentual sobre todas as unidades comercializadas no empreendimento Update São Pelegrino. O empreendimento que ocupará o terreno que fica na Rua Bento Gonçalves, 2991 encontra-se em etapa de pré-lançamento. 

A expectativa é de que o valor destinado ao fundo chegue ao montante superior a  R$ 100.000,00. A próxima etapa é o desenvolvimento de um cronograma de ações, nos quais serão determinados os períodos e recursos destinados para cada projeto. Contamos com a expertise da Um Por Cento para potencializar o impacto das futuras ações promovendo benefício a toda comunidade.

Entrevistamos Tiago Fiamenghi, representante da Um Por Cento na parceria, que falou um pouco mais sobre a Um Por Cento, o fundo e a intenção dos projetos. Confira os áudios, ou se preferir a versão resumida em texto:
 

É um movimento crescente nas empresas a criação de um fundo para desenvolvimento de projetos?

Hoje temos dez empresas que aderiram ao selo Um Por Cento e este número só não é maior porque para atendermos mais empresas precisamos ampliar a nossa estrutura de gestão. Estamos desenvolvendo uma nova plataforma que irá otimizar a parceria entra a Um Por Cento e as empresas que aderem ao selo. Na verdade, é uma plataforma de gestão de relacionamento para tratar tanto de questões mais burocráticas, como emissão de notal, balanços, quanto inspiração para projetos. Isso também vai permitir uma interação entre as empresas, fortalecendo suas ações.

 

A Um Por Cento já possui vasta experiência nesta área. Quais projetos forma marcantes para você?

A ideologia Um Por Cento completa dez anos neste ano. A empresa já está constituída há cinco anos. Não sabemos o número exato de projetos executados ou otimizados pela Um Por Cento. Mas podemos destacar os mais marcantes. O primeiro projeto foi o Recreio Solidário. Foi um projeto que envolvia as escolas particulares de Caxias do Sul, visando recolher roupas. A mobilização dos estudantes através de seus grêmios estudantis fez com que em um determinado ano estas escolas recolhessem 1/3 de todas as doações da Campanha do Agasalho de Caxias do Sul. Este projeto alavancou a Um Por Cento em termos de consistência e credibilidade, além de motivar novas ações. 
No ano passado a Um Por Cento participou de um projeto internacional envolvendo a Green School (Bali-Indonésia) e o Colégio La Salle Dores (Porto Alegre). Durante três meses, um dos integrantes da empresa Um Por Cento ficou imerso na Green School, uma das escolas mais inovadoras do mundo, mediando a troca de experiências sobre processos de ensino-aprendizagem. Foi um projeto muito marcante, mostrando que não existe certo ou errado, mas modelos e expertises diferentes. Além deste projeto internacional, em 2013 e 2014, prestamos uma consultoria para a ONG Sonhar Acordado, do México.

 

Estes projetos focam na transformação da realidade. Quais aspectos/setores são priorizados?


Hoje não existe uma prioridade no segmento dos projetos. Existem projetos na área de educação, social, arte, música. Cada projeto é um projeto diferente. A gente vê tudo isso como meios de atingir um mesmo fim: a transformação através da ação. São projetos que acontecem de forma horizontal. E quando tratam de segmentos que fujam a alçada da Um Por Cento, a empresa busca parceiros que possam ajudar a fomentar o projeto.

 

O selo (1%) traz credibilidade às ações realizadas pelas empresas. Ele também inspira projetos autônomos?

As empresas se sentem contempladas através do selo da Um Por Cento. Claro que é uma grande responsabilidade tanto para a empresa, quanto para nós, pois estamos associando a nossa marca a outras empresas. Existe um risco envolvido nisso. O nosso objetivo é de que as empresas invistam em seus próprios projetos. A empresa sabe qual é o seu mundo melhor. Hoje 80% do fundo é investido nos projetos da empresa e 20% nos projetos da Um Por Cento.  Seria muita pretensão da Um Por Cento determinar qual seria o mundo melhor. Muitas vezes as empresas não possuem expertise e não sabem como fazer um projeto, então começa participando de um projeto da Um Por Cento e adquirindo conhecimento para depois desenvolver seus projetos por conta.

 

Quais os principais valores da Um Por Cento compartilhados com a AMPR Incorporadora nesta parceria?

Os principais valores compartilhados entre a Um Por Cento e a AMPR são os valores das pessoas que estão envolvidas dentro das duas instituições. Um reconhecimento mútuo de que há uma intenção genuína de transformação dentro das duas organizações, que estão dispostas a agir em prol de um ganho maior do que apenas o financeiro. Obviamente o ganho financeiro é muito importante, mas queremos que ele venha acompanhado de um impacto positivo e um propósito interessante. Não adianta olhar apenas para o próprio umbigo e promover o ganho apenas interno. Somos todos um e estamos todos conectados. Se ao meu lado existem situações que não são tão boas, dificilmente eu vá me sentir bem em relação a isso, mesmo que esteja prosperando muito na minha empresa. Então eu acho que existe esta cumplicidade entre as duas empresas de ofertar um produto, um serviço e promover um trabalho de consciência e evolução do ser humano. Porque no fim tudo que queremos é viver num ecossistema mais saudável, equilibrado e harmonioso. Acho que esses valores se sintetizam na ideia de que pequenas ações podem fazer uma grande diferença no final.

 

É mais fácil desenvolver projetos que estão ancorados em produtos que também preconizam a transformação, como é o caso do Update São Pelegrino?

Sem dúvida esse é um dos maiores dilemas da Um Por Cento hoje: decidir com quais empresas, com quais produtos, com quais serviços o selo da Um Por Cento será associado. No caso do Update que é uma proposta de valor já muito interessante, muito transformadora, há uma maior coerência de fazer parte do selo da Um Por Cento. Com a proposta de valor do Update, o selo faz muito sentido, pois estamos falando de mudança e de transformação. E o selo vem para criar mais ações de impacto e de transformação no entorno do empreendimento. A geração de valor não será apenas da porta do Update para dentro, mas vai impactar toda a comunidade ao seu redor. Sempre que uma empresa procura gerar valor além das suas portas o selo da Um Por Cento faz mais sentido.