Setor 2.5: já ouviu falar?

Caso ainda não conheça, saiba por quê você deveria conhecer.

Por Camila Moschen

Uma nova forma de empreender, que fica no meio do caminho entre o setor privado e as ONGs está ganhando espaço na economia brasileira. As empresas do setor 2.5 possibilitam o empreendedorismo com foco no impacto social, isto é, possibilita a sustentabilidade financeira da empresa e ações que transformem a realidade social onde as mesmas atuam.

Embora ainda não exista uma regulamentação específica para este modelo de negócios e nem estudos mais aprofundados sobre o setor, o Sebrae registra um crescimento na busca de informações sobre este tipo de empresa.

Um dos exemplos mais conhecidos sobre empresas do setor 2.5 é o Grameen Bank. Fundado pelo professor bengalês Muhammed Yunus, com a finalidade de diminuir a pobreza, este foi o primeiro banco especializado em micro crédito no mundo.

Segundo o Instituto Nacional de Empreendedorismo e Inovação, as principais características das empresas do setor 2.5 são:

•    Foco na resolução de desafios sociais;

•    Criar valor social;

•    Criar valor ambiental;

•    Promover inclusão;

•    Criar valor e benefícios econômicos;

•    Inovação;

•    Gerar lucro.


Setor 2.5 na Campus Party 2013:



Fontes:
http://www.umporcento.cc/
http://inei.org.br/aceleradora25/